quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

o critério básico de Adão Preto


Adão Pretto não era o parlamentar padrão, que conhecemos. Não gostava da tribuna. Mas estava presente em todas as lutas sociais que se realizaram nesses últimos vinte anos. E as fazia repercutir no parlamento, na forma de leis ou de denúncia. Sempre o mesmo. Simples. Com uma coerência impressionante. Nunca titubeou. O critério básico que usava em sua vida e na participação política, era se perguntar, o que interessa aos trabalhadores? E independente de tudo, os defendia. Tambem, deu exemplo na sua forma de fazer campanha política. Nunca aceitou receber nenhum centavo de ajuda financeira de nenhuma empresa. Por mais que seus colegas debochassem de perder oportunidades de receber polpudas ajudas das Aracruzes, Vales, e outros corruptores.

fragmento de texto de João Pedro Stédile

Um comentário:

Caras Pintadas RS disse...

Caros "plantadores de couve" Adriana e Marcos, acredito que vocês compartilhem com os estudantes gaúchos a indgnação com esse governo parasita, sendo assim venho pedir que nos ajudem colocando o link do nosso blog entre os "que vão na couve".
Grato.